Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sílabas à Solta

Qualquer reprodução dos meus conteúdos deve ser sempre feita com referência à minha autoria | Fotos retiradas da internet

Sílabas à Solta

Qualquer reprodução dos meus conteúdos deve ser sempre feita com referência à minha autoria | Fotos retiradas da internet

PRECISAMENTE NA MANHÃ

19.12.20 | Sandra

1509956_S.jpg

Chegou a manhã com toda a sua luz, que soa a adocicados beijos (recebidos, dados), e a esperanças com o toque de apetecidos afagos. Entrega-se já o meu sorriso, descuidado, sem pudores, todo ele ao sol, no meu corpo submisso ao dia. O orvalho ousa pulsar agora no supremo aroma de abraços vincados que ao vento flutuam, chegados do campo em redor.
Mostram-se as horas que desfilam no avançar do dia, renovadas, embaladas ao sabor de nuvens cheias de promessas. Sou toda desta manhã, que afaga dormente secretos lados meus, que despertam com a calma que se quer. Guardo no desejo pontos de interrogação que nascem de abismos, e dispo a alma minha, solto-a nua, a ti que chegas, que tu vesti-la-ás de saudade feita amor que me preenche desde o início dos inícios, que começa precisamente na manhã.

18 comentários

Comentar post