Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sílabas à Solta

POESIA | PROSA POÉTICA

Sílabas à Solta

POESIA | PROSA POÉTICA

CAPRICHOSOS VEIOS

23.12.20 | Sandra

3941993_S.jpg

Brinco contigo
em jogos de luz-sombra,
contraluz absortos.
Demoro-te
a minha atenção, crua, agora,
como que ávida, perdida, desejosa
da tua complexa transparência...
No básico que tu és
vejo toda a subtileza citrina
de um requinte dos Deuses,
uma perene essência...
que me rapta vontades!
E só quero olhar-te, tocar-te...
Atrai-me a delicadeza
em leve desejo ácido
da tua intensidade feita cor,
visão translúcida,
mistura de sabor agreste 
perfume que arde, contemplação!
Vejo-te como luxo:
um verão que frutifica
em caprichosos veios.
Provo-te, estremeces-me.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.