Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sílabas à Solta

POESIA | PROSA POÉTICA

Sílabas à Solta

POESIA | PROSA POÉTICA

Encontro no Café

02.11.21 | Sandra

px-downloadg7beee6fa775603aacae4860784b515fa6ae741

Permanecemos na luz branca e dócil que abraça o salão, enquanto lá fora, indiferente à nossa conversa, a vida prossegue pelas ruas atarefadas do dia novo, ainda sem dono.

De tudo falamos: de mistérios que não se podem explicar, porque só podem ser sentidos por quem consegue lá chegar. De palavras singulares, translúcidas, tão carregadas de poder que não devem ser pronunciadas, apenas vividas no instante imediato, antes que o tempo se vá embora. De momentos que devem permanecer resguardados dentro da força de algo maior, ou da hora limpa de uma manhã como esta, que promete ser infinito. E da certeza deste nosso encontro que é reencontro, como chegar a um lugar pela primeira vez e sentir que nunca de lá se partiu.

Para lá da cumplicidade das vidraças mudas, risonhas, tão cheias do nosso imaginário, as ruas arejadas. Carros, peões, fumo, odores, barulho. E todas essas ruas ficam dentro de nós. No fundo, só nós sabemos por onde andamos na hora do regresso a nós mesmos. Nós e Deus. E o encontro ganha maior sentido.

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Sandra

    04.11.21

    Que bom o teu regresso aqui, já tinha saudades fico tão feliz pela tua presença, e pelas tuas palavras sempre tão simpáticas! Minha amiga querida, um muito obrigada por tudo! Tem um lindo dia de outono, com muitos sorrisos sempre! Beijinhos mil 🌼🌷🍀
  • Comentar:

    Mais

    Comentar via SAPO Blogs

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.