Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sílabas à Solta

Prosa poética | Qualquer reprodução dos meus conteúdos deve ser sempre feita com referência à minha autoria | Fotos retiradas da internet.

Sílabas à Solta

Prosa poética | Qualquer reprodução dos meus conteúdos deve ser sempre feita com referência à minha autoria | Fotos retiradas da internet.

MANHÃ DE NUVENS

19.07.21 | Sílabas à Solta

2904690_S.jpg

Céu pesado, escuro, fechado, que remete para a introspeção e o sossego. Na frescura agreste do dia sopram ao vento forte as tuas conjeturas, sem direção ou abecedário. Nem é preciso tal. Vieste, sem te perderes, de outros rumos que não constam de bússolas nem de mapas, e estás sempre onde pertences, afinal todos os caminhos são teus.

As nuvens apertam-se mais umas contra as outras, como cheias da tua poesia e de todo o teu conhecimento. O vento torna-se mais palpável e parece decidido a recitar-te no abismo das horas que passam a trote. Mas aparentemente o tempo ainda cumpre os nossos requisitos e ministérios, tal e qual como deve ser.

Está fresco nesta manhã de verão. Estás perto? O céu nublado pouco me diz. Aliás, as nuvens olham-me desconfiadas, como se receassem eu tirar-lhes um pouco de toda a história que és. Aceno-lhes o teu nome e cedo-lhes a revelação de que tu és mais que todas elas juntas. Uma gaivota que deambula perto ri-se delas, sabe que estás para além deste céu cinzento de hoje que ameaça soltar a chuva!

Pois bem, que as nuvens soltem a chuva então! Mas que soltem também as tuas rimas, a tua musicalidade, o teu sentido de liberdade e de possibilidade. Afinal, delas são todos os caprichos; de ti, todas as especulações e vitórias.

O céu continua cinzento mas parece agora muito longe. Talvez tencione partir para dentro das brumas a oeste, ficando de lá a admirar-te em cobiçado segredo. A única garantia que têm é que continuarás altivo, ave ao vento, mar constante e estrofes soltas. Mais, não conseguirão!

Que chova, se tiver que ser. É verão na mesma e o céu continua a ser belo!

37 comentários

Comentar post

Pág. 1/2