Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sílabas à Solta

Textos de minha autoria. Imagens retiradas da internet. Qualquer reprodução dos meus conteúdos deve ser sempre feita com referência à minha autoria.

Sílabas à Solta

Textos de minha autoria. Imagens retiradas da internet. Qualquer reprodução dos meus conteúdos deve ser sempre feita com referência à minha autoria.

MIMOS

09.11.20 | Sandra

 

1620255_S.jpg

Cedo-me ao silêncio da manhã que pede entrega da alma. Toca Miles Davis. Sem pressa, torno-me parte da música na dádiva que é ter poder sobre os ponteiros do relógio. No conforto da descoberta desta nova calma, sou agora de mim para mim neste novo dia. Descanso palavras na luz do sol que entra nua pelos vidros frios da janela. Só a música se ouve, junto com o chilrear dos pardais e os gritos das gaivotas. O vento sopra lá fora mas já sou apenas leveza extasiada de perfumes quentes e macios, que se misturam no ar e na minha pele. Quase como um toque teu, carícia perdida na alma e encontrada na partilha de entrelinhas sentidas. É este o dia de, sem horas, perder-me em mimos à minha alma, ao meu corpo. E esquecer-me de mim, até!

27 comentários

Comentar post

Pág. 1/2