Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sílabas à Solta

Prosa poética | Qualquer reprodução dos meus conteúdos deve ser sempre feita com referência à minha autoria | Fotos retiradas da internet.

Sílabas à Solta

Prosa poética | Qualquer reprodução dos meus conteúdos deve ser sempre feita com referência à minha autoria | Fotos retiradas da internet.

NÃO EXISTE

29.04.21 | Sílabas à Solta

3241121_S.jpg

Foi na encruzilhada de palavras
que encontramos o inesperado:
o longe, tornou-se perto,
o não, tornou-se sim,
e o impossível foi possibilidade!
No início, palavras corriam soltas,
significados planando ao vento
saltitando entre frases leves
que se ficavam quando o silêncio chegava.
Mas a poesia faz-se,
torna-se ideias e sentidos,
capta olhares, interpretações
e despe-se aos corações,
poetas eles também.
Poesia e prosa,
céu e mar em crepúsculo,
que se amam no anoitecer,
na entrega do lápis ao papel!
Entregar-me-ia eu a ti,
se das palavras só o amor me basta,
se só o simples me agrada?
Se me amas, ama-me escrita eu em palavras tuas:

Na escrita, o impossível não existe... 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.