Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sílabas à Solta

POESIA | PROSA POÉTICA

Sílabas à Solta

POESIA | PROSA POÉTICA

Escrevo-te

09.06.21 | Sandra

923882_S.jpg

Escrevo para ti. Oh!, como tu sabes, que é para ti que eu escrevo! Que não te percas entre pontos e vírgulas, nem fiques renitente entre as minhas reticências. É para ti que escrevo, para que me leias, para que me vejas crua em palavras que se ligam, para que pegues todos os meus significados e apagues as tuas interrogações. Às vezes vou até mais fora de mim mesma e escrevo sobre isto e aquilo, inocentes algos que fazem parte desta minha vida alinhavada. E tenho mais, há sempre algo mais que faz parte de quem sou e que está acima de mim. Família, Deus. Mas se me ausento das horas que roçam os sentidos da realidade, logo estou só, abstrata para ti. E escrevo, então. A alma a desfiar-se em cada letra desenhada, a murmurar tantos ecos no silêncio dos espaços etéreos entre palavras. Diz-me... lês-me tu?

(Deixa-me pedir-te baixinho:
Escreve, escreve para mim, escreve, escreve tu, de ti a mim...)

Ao menos, que te (re)encontres nestes rabiscos meus. Que te pressintas, último dos últimos, na soma platónica de todos os meus parágrafos. Que saibas que mais do que isto não será, palavras entre nós, pois a minha paz escreve-se com letras maiúsculas, em pedras brutas de granito. É para durar. Nela, eu faço o que eu quiser com aquilo que eu sinto! Na tua poesia, mandas tu. Na minha, mando eu. E eu dou-a a ti. Oferta de paz.

Mas que entendas: as linhas que parto em pedaços minúsculos e colo com sentimentos pintados de palavras, são para ti. Cada vogal desordenada, cada consoante esfarrapada, cada erro ortográfico. Que saibas. Se não souberes, não faz mal. O papel e a caneta sabem-no, cúmplices meus.

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Sandra

    12.06.21

    Minha adorada amiga, que saudades tuas! Que feliz fico por ter notícias tuas, já me tinha perguntado como estarias e se aqui voltarias! Mas a vida tem as suas exigências e desafios, e às vezes algo fica para trás! Estou radiante por saber de ti! Grata por tudo, como sempre! Recebe um abraço sincero desta tua amiga e fã da tua escrita! E que tenhas sempre um perfume de esperança no teu coração lindo, minha adorada! Beijinhos mil 🌼
  • Comentar:

    Mais

    Comentar via SAPO Blogs

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.