Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sílabas à Solta

Qualquer reprodução dos meus conteúdos deve ser sempre feita com referência à minha autoria | Fotos retiradas da internet

Sílabas à Solta

Qualquer reprodução dos meus conteúdos deve ser sempre feita com referência à minha autoria | Fotos retiradas da internet

QUE SEJA POEMA

21.03.21 | Sandra

2355684_S.jpg

E que tal um poema?
Não um poema qualquer!
Tem que ter luz...
Sílabas em som, porque não?
Ser poesia escancarada,
ter todas as cores do mundo.
Tem que cair das madrugadas,
divagar em longas tardes de estio
e amar muito, à noite,
devagarinho!
Que tal um poema?
Tem que ter alma,
(alma não pode faltar!),
entrelinhas cruzadas,
sentidos sem sentido,
interrogações sem resposta;
pode ter estrofes de campo ao sol,
versos onde ondas do mar se quebrem,
e ramos feitos de rimas,
para as aves canoras pousarem!
Que tal um poema?
Pode correr livre, como a métrica!
Saltar, como o cão atrás da bola,
rir, qual criança ao sol,
ou perder-se, como dois amantes
sob a chuva de verão!
Pode ser floresta, montanha,
pradaria, cachoeira.
Pode ter sentimentos revoltos de vento suão,
ou mágoas,
desertos imensos a perder de vista!
E que tal um poema?
Que seja coração,
realidade ou criação,
em papel, para um sarau, 
ou íntimo segredo, para a alma;
mas que seja meu, teu,
de tantos, de todos!
E acima de tudo:
que seja tudo,
que seja Poema!

 

 

*****

Notas:

- Grata, equipa da SAPO, pelo destaque dado a este meu contributo para assinalar o Dia mundial da poesia! Obrigada!

https://destaques.blogs.sapo.pt/que-seja-poema-silabas-a-solta-6761788

 

- Grata, Marta Spínola, pelas palavras tão gentis sobre este blog, em Delito de Opinião! Muito obrigada!

https://delitodeopiniao.blogs.sapo.pt/blogue-da-semana-12477486

 

58 comentários

Comentar post

Pág. 1/3