Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sílabas à Solta

POESIA | PROSA POÉTICA

Sílabas à Solta

POESIA | PROSA POÉTICA

Recados Que Te Deixo #2

07.03.22 | Sandra

px-downloadg6a4decb82b5f476877f57d379a0ef4cd154a25

O Universo é o universo: sóbrio, concreto, conciso. Pura matemática, física e química. Não dá para grandes margens. É aquilo e mais nada. O Homem esse sim, movido pelo instinto de sobrevivência e pela curiosidade, procurando alcançar certezas sobre o espaço imenso que o acolhe, cria lógicas, padrões, significados. Justificações. E tudo se torna seu conhecimento, seu poder, havendo cada vez menos lugar para o espanto e o deslumbre, para a simplicidade do inexplicável mas belo.

Resta a Fé, e eu tenho uma fé tremenda no meu Deus. Talvez seja essa a cola que une todos os fragmentos que têm ficado pelo caminho de todos nós, e que promove um sentido maior a tudo: a Fé!, mesmo que de forma abstrata, inconstante ou inconsciente.

O resto? Brindem-se as boas recordações, os bons momentos presentes, e a coragem de quem é capaz de atravessar a passadeira para o outro lado, por vezes obscuro e desconhecido, alcançando novas dimensões da sua própria fragilidade enquanto humano.

Afinal, é a fé que por instantes nos faz abstrair de quem somos, impele-nos a prosseguir, empurra-nos para lugares que nos fazem sentir pequenos, e entrega-nos de volta a nós mesmos, renovados, leves, inteiros... E gratos!

O recado que te deixo é este: sejam lá quais forem as tuas crenças, a ti, que tão belo és, na razão de ser de toda a minha fé desejo-te grandes vitórias, grandes alegrias e grandes milagres. Porque milagres acontecem, mesmo quando menos os esperamos...

🇺🇦

43 comentários

Comentar post

Pág. 1/2