Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sílabas à Solta

POESIA | PROSA POÉTICA

Sílabas à Solta

POESIA | PROSA POÉTICA

Sabes?

14.02.22 | Sandra

px-downloadg11d3b23137e33c450704a4d8d01c45cade75c5

Tenho em mim a certeza da tua noite. O céu apresenta um tom que se divide entre o azul e o lilás, e parece estranhamente brilhante, todo ele por igual. Ah!, se aqui estivesses! Quantos poemas poderiam ser recitados numa noite assim, que parece colocar tão perto tudo o que está para além do que nos é visível: galáxias tremendas, estrelas poderosíssimas, forças monstruosas, explosões imensuráveis. E o silêncio, um silêncio imenso, quase palpável, cheio de tanto e de nada!
Não sei como estás. Talvez só por hoje te tenhas transformado nas tuas próprias névoas, e é por isso que esta noite o céu parece macio e iluminado. Sabes? Gosto de ti.

Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.