Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sílabas à Solta

POESIA | PROSA POÉTICA

Sílabas à Solta

POESIA | PROSA POÉTICA

Sei que Estás Bem

24.08.22 | Sandra

1859616_M_mix01_1600709741234.jpg

Pararam. Olharam o rasgo dos meteoritos que cruzavam em grupo as nuvens de poeira cósmica, e encontraram a nudez do luar. Perto desse lago vindo de nascentes antigas, mais antigas que a matemática, a música, ou a própria palavra que sulcou desertos, a noite tudo mostrou aos Homens - e eles acreditaram - porque a noite sabe sempre tudo, até aquilo que a humanidade ainda não ousou sonhar.

Décadas foram séculos, e séculos, milénios. Tu vieste, fizeste o mundo um lugar bonito e partiste, quando finalmente te conheci e pedi perdão pelo quanto te fiz sofrer.

(Conseguiste ouvir-me?)

Não sei se tu sabes, mas a última das Perseidas falou-me de ti. Posso agora respirar serenamente, sei que estás bem. Gosto tanto de ti, anjo meu!

Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.