Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sílabas à Solta

Textos de minha autoria. Imagens retiradas da internet. Qualquer reprodução dos meus conteúdos deve ser sempre feita com referência à minha autoria.

Sílabas à Solta

Textos de minha autoria. Imagens retiradas da internet. Qualquer reprodução dos meus conteúdos deve ser sempre feita com referência à minha autoria.

SENTA-TE

17.01.21 | Sandra

deckchairs-355596_1920.jpg

Vem sentar-te comigo ao sol. Vamos deixar o calor evaporar dos nossos corpos as horas passadas e as ideias esquecidas nalguma curva apertada. Senta-te comigo e deixemos as perguntas sob a areia quente onde o sal experimentou o horizonte distante que fala de desconhecidos mares e destemidos corsários de outros tempos. O mar despe-se á nossa frente, pleno das lendas que sereias deixaram quando a fase da lua mudou, e solta-nos amarras na sonolência do calor que nos desperta. Falemos então, nós! Entre os silêncios da brisa ausente, contemos tu e eu quantas ondas tem o oceano do mundo dos sonhos e quantos raios de sol deslizam pela nossa pele entregue ao calor. Falemos de ruas estrangeiras batidas pelos dias solarengos e perfumadas pelas flores que pendem das varandas e dos vasos que ladeiam portas onde todos os sorrisos moram. Conta-me dessas praias sempre quentes onde o mar se embala num vai e vem que hipnotiza os sentidos; e eu contar-te-ei sobre aqueles jardins cheios de perfumes e sombras onde patos e peixes valsam por entre os coloridos nenúfares do lago. Falemos de gentes e músicas, contos e sonhos, lugares que repousam por aí e deste mar vestido de cetim prateado que nos cai aos pés, enquanto gaivotas riem em voos rentes às rochas cheias de vida. E fica então comigo, mais um pouco: por ora, temos tempo e o sol brilha.

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Sandra

    17.01.21

    E como sabe tão bem! Mil beijinhos, tarde feliz!
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.