Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sílabas à Solta

POESIA | PROSA POÉTICA

Sílabas à Solta

POESIA | PROSA POÉTICA

Flor

19.10.20 | Sandra | ver comentários (24)
Flor De que madrugadas nasceste tu, Para em rasgadas manhãs sem cor Cuidares do embalo das aves que no alto voam? No sol que quebra frescuras de orvalho, Danças nas pétalas que puras giram em palavras tuas, De sabor a perdidos prados E caminhos de fim de dia. Sendo tu flor, Entreg (...)