Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sílabas à Solta

POESIA | PROSA POÉTICA

Sílabas à Solta

POESIA | PROSA POÉTICA

TEMPO E FÉ

17.07.21 | Sandra

768064_S.jpg

Toda a certeza da tarde entrega-me a este único momento, em que o calor imenso me despe sentidos. Sinto em todo o meu corpo o ondular quente da água macia que nela me recebe. É como se fossem lentas carícias tuas perpetuadas no tempo, em mim. A luz opalina e a calmaria imensa deixam-me atordoada, como se levada a um outro lugar onde nunca fui antes, mas que sei seguramente ser meu. Intuição.

Movo-me devagar e sem esforço nas pequenas ondulações esquecidas da superfície mansa que me embala. Olho de frente o sol baço, escorrido de outros lugares, e que enche as águas de brilhos esbranquiçados. Penso que talvez já tenhas estado aqui antes, neste mesmo momento, numa outra dimensão caída de desabafos teus. Ou terei sido eu? Tenho saudades tuas, mas o ar denso e quente sobre mim diz-me que SE alguma vez for, é assim que deve ser, tudo a seu tempo, segundo as regras de algo ou alguém que está acima do meu conhecimento, da minha determinação ou desejos. Desejos... 

Volto a mim, a este lugar que parece ter sido afastado para longe do mundo e das suas loucuras, a este momento de exata entrega a um silêncio extremo, a uma sensação de paz que raramente sinto em todo o seu absoluto. Sou por ora todo o equilíbrio conjugado entre o calor, o céu baço e exótico que me abrange, a água parada e quente, da qual faço parte. Um momento de compreensão que está para lá do básico e do humano.

Guardo tudo o resto para quando um novo dia chegar, na normalidade desafiante que nos faz mais conscientes da nossa fragilidade e limitações. Hoje, submeto-me a mim, na certeza de uma plenitude que não está assim tão fora do meu alcance. Algo no meu íntimo diz-me: "Se consegues imaginar, existe de certeza...". Tempo e fé, é isso. Dás-me a mão e ficas aqui comigo?

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Sandra

    18.07.21

    A vida é que manda, e às vezes algo tem que ficar para trás, ou em suspense. Que bom estares de volta! Muito obrigada por tudo, querida Daniela, e bem vinda! Beijinhos mil, amiga, e continua com essa tua escrita que nos encanta!
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.