Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sílabas à Solta

POESIA | PROSA POÉTICA

Sílabas à Solta

POESIA | PROSA POÉTICA

Vamos os Dois?

06.08.21 | Sandra

3722398_S.jpg

O sol cai promíscuo de todo o lado ao mesmo tempo. Somos peregrinos neste momento de encontro e reencontro, celebrado pelo zumbido dos insetos que se escondem na erva seca do verão. Não tenhamos pressa. Vamos os dois na manhã que começa?

Os dias ainda são promessas, e a luz ainda é feita dos vagares indolentes da estação. Deixemos pois que as horas nuas repousem à sombra esverdeada do arvoredo, e que a nossa ansiedade contida se desfaça aos poucos nos reflexos das águas imóveis e cheias de vida.

Na claridade que quebra espaços omissos ao nosso redor, o calor entranha-se fundo nas palavras imensas que trocamos, e as nossas mãos tímidas procuram-se num querer que se reconhece enfim, aceita.

Aves escondidas já adivinham o abraço que te quero pedir. Deverei ousar eu tanto? Sustenta pois o meu olhar e deixa que, envoltos na natureza sejamos o que essa mesma natureza nos ordenar. Não sei se serei alma pura, signo balança, mas serei, certamente, menina-mulher.

Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.